Apresentação

Somos um grupo dedicado ao estudo e à pesquisa sobre o trabalho, formalmente cadastrado no CNPQ e na PROPESQ-UFRN. Utilizamos operadores e constructos teóricos oriundos de perspectivas psicossociais, ergonômicas, sócio-culturais e filosóficas. Nossa missão é contribuir para o avanço da psicologia das organizações e do trabalho (POT), tanto no sentido da pesquisa, como no do ensino e da extensão. Como desafio, nos colocamos a meta de articular saberes, estimular a integração e a interlocução saudável entre eles, tendo em vista o propósito de potencializar situações e disponibilizar recursos para o poder de agir dos sujeitos, coletivos de trabalho e organizações.

Estruturação

O grupo estrutura-se em seis Núcleos de Pesquisa e Orientação (NPOs), diferenciados com base em temáticas e abordagens teórico-metodológicas. A divisão em Núcleos, porém, não significa a inexistência de sobreposições e pontos de contato. Tal diversidade reflete-se em eixos de interdependência entre os membros do GEPET.

O principal ponto de interdependência é o trabalho. O grupo busca articular diversos ângulos de análise sobre esta categoria fundamental da constituição e do desenvolvimento psicossocial do sujeito. O trabalho é compreendido como um fenômeno plurideterminado, inscrito em diversas instituições e num contexto sócio-histórico e cultural específico.

Um segundo ponto de interdependência é a compreensão do trabalho como atividade humana, fator de mediação semiótica entre sujeitos e seu contexto, notadamente o contexto representado pelos ofícios e pelas ocupações. Partimos do pressuposto de que tais contextos dispõem recursos à ação/desempenho dos indivíduos, na forma de gêneros e instrumentos para o agir. Nossos interesses mútuos de pesquisa envolvem o desafio de superar as situações que impedem/bloqueiam o agir dos sujeitos no trabalho, repercutindo em sua saúde e desenvolvimento.

Um terceiro ponto de interdependência é a preocupação em patrocinar discussões sobre tópicos meta-teóricos e metodológicos implicados na utilização de novas abordagens de pesquisa e intervenção nos contextos de trabalho.

Objetivos

1. Integrar saberes, perspectivas e distintos olhares teórico-metodológicos para a compreensão e transformação do trabalho, seja em regimes instituídos como não-instituídos (condições e ambientes especiais de trabalho);

2. Estimular a formação de novos pesquisadores interessados em atuar nos domínios da Psicologia das Organizações e do Trabalho, aliando saber acadêmico e problematização das situações concretas de trabalho;

3. Criar um espaço de interlocução e de acompanhamento das pesquisas e investigações realizadas em cada linha que compõe o GEPET, permitindo, ao mesmo tempo, a singularidade das abordagens e a polêmica necessária ao desenvolvimento de qualquer campo de saber.